quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Palavras

Pisei palco
Publiquei poesia
Pintei próprio planeta.
Provei primas,
Praias perfumadas
Pomares polposos,
Putas purpureadas.
Passei pelo poente,
Perdi pais, posses, parentes.
Presenciei pecados, palavrões,
Pacificador profundo,
Pedi paz.
Pulmões póstumos,
Paginei Pessoa
Plantei primavera.

8 comentários:

  1. Urrul. Zé, tais apavorando, hein. As tuas poesias são foda mesmo meu parceiro.
    O que achas de procurar na net blogs ou sites de alguma editora ou algum pessoal que reune poesias de outros na internet??
    Vai lá, corre atrás, mostra pro mundo tua obra que o resto é consequência.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com pede licença para adentrar o seu espaço e dar uma espiada no trabalho que desenvolve.Gostei do jogo de palavras.
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  3. Muito legal....Eu ja fiz um somente com Substantivos, tmb ficou massa!

    Beijos, adorei aqui! ja sigo

    ResponderExcluir
  4. Olá José, obrigada por visitar meu blog e pode aparecer por lá sempre que sentir vontade, será um prazer. Gostei daqui, sua poesia é forte e encantadora ou mesmo tempo.
    Fica bem, até.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. nossa que legal! vc tem jeito com as palavras, essa poesia do p foi bem colocada!

    ResponderExcluir
  6. Ola Jose

    Parabéns!
    Lendo seus poemas percebo entusiasmo viceral.
    obrigado pela visita.Voltarei sempre para assim compartilharmos "dor,amor e cotidiano poetico"

    um abraço
    Nica

    ResponderExcluir
  7. E colheu comentários.

    Abraço e um domingo mágico!

    Atenciosamente: Jefhcardoso

    ResponderExcluir
  8. Adorei flutuar por aqui...
    e também de todas essas palavras com "P"...
    beijo
    Leca

    ResponderExcluir