quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Arte


Aquilo que para você
É um pedaço de argila desvalida
Ele molda uma Nossa Senhora colorida
Não sei se o que faço é arte
Mais também faço a minha parte
Porque essas revistas, livros e jornais.
Que você joga no lixeiro ao seu lado
Eu faço poesia, num papel reciclado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário